Ednaldo & Elmo

Candidato a prefeito de Alagoinhas-BA pelo PSTU, Ednaldo Sacramento é petroleiro aposentado, negro e um ativista histórico na cidade. Já foi dirigente do Sindicxato dos Petroleiros da Bahia (Sindipetro BA) e do Sindicato dos Servidores Municipais de Alagoinhas (Sinpa) e participou da fundação da Central Sindical e Popular – Conlutas.

Ednaldo Sacramento tem 60 anos, é casado, natural de Alagoinhas, bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade Católica do Salvador (Ucsal), professor de História, licenciado pela Universidade Estadual da Bahia (Uneb), com especialização em História Política, também pela mesma universidade e mestre em História Social pela Universidade Estadual de Feira de Santana (UESF). Sua última participação nas eleições como candidato foi no ano de 2006, quando concorreu a uma vaga ao Senado Federal pelo PSTU.

Ednaldo Sacramento é sindicalista; foi um demitido político em 1995, durante o governo do Fernando Henrique Cardoso (PSDB), quando lutava contra a implantação do projeto neoliberal no Brasil, tendo sido anistiado pelo Congresso Nacional, em 2004.

Entre os anos de 1998 e 2008 lecionou na rede pública municipal de ensino de Alagoinhas. Foi diretor do SINPA e, mesmo após o pedido de exoneração do município em 2011, permaneceu atento às demandas dos servidores públicos municipais, em especial, ao segmento dos profissionais da Educação.

Ednaldo Sacramento é membro do PSTU desde a sua fundação, em 1994, tendo participado do processo de construção do partido e, como dirigente político, tem participado em nossa cidade do debate de todos os temas de relevância nacional e local.

Elmo Dias
Candidato a vice-prefeito de Alagoinhas, nas eleições de 2020, pelo PSTU. Elmo Dias é professor, negro, pai, formado em Letras pela Universidade do Estado da Bahia (Uneb) e mestrando em Letras pela Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), 43 anos, professor da rede pública de Mata de São João, onde organiza oposição a atual direção da APLB, Sindicato dos Trabalhadores da Educação na Bahia.