Todo apoio e solidariedade à luta dos rodoviários de Salvador (BA)

35
Rodoviários se concentram para participar da assembleia

Rodoviários votaram greve para esta terça-feira, 27 de maio

Estamos nos aproximando da Copa do Mundo. Os trabalhadores e o povo brasileiro não terão muito o que comemorar quando o Brasil entrar em campo. As expectativas de milhões com a realização do evento no Brasil vêm se transformando em uma grande decepção. Nenhuma das melhorias prometidas pelos governos foi cumprida. Essa enorme decepção e mal estar se aprofunda com a inflação galopante dos preços dos alimentos. Enquanto o povo brasileiro sofre diariamente com o caos nos serviços públicos e no transporte urbano, milhões foram investidos na construção de estádios superfaturados para atender os interesses da FIFA e das grandes empreiteiras.
 
O legado da COPA: Mais caos no transporte público de Salvador.
O legado da COPA se transformou em um grande pesadelo para milhões de pessoas que sofrem diariamente com os engarrafamentos quilométricos, ônibus superlotados, tarifas caras, obras inacabadas. Só quem se beneficiou com o evento foram os grandes empresários. Em Salvador, o Metrô que há 15 anos é construído já consumiu bilhões de reais do dinheiro publico. É sem duvida o maior símbolo da corrupção e da irresponsabilidade dos governantes.
 
Essa é a realidade do Brasil, na Copa das empreiteiras e da FIFA, quem paga o preço são os trabalhadores e a população pobre. Por tudo isso explode em todo o país mobilizações e greves em diferentes setores e categorias. A indignação é geral e toma conta do país as vésperas da COPA.
 
Atendimento das reivindicações dos rodoviários já!
Os rodoviários dão o exemplo e mostram o caminho. De norte a sul do país, a categoria se rebela contra a intransigência da patronal e dos governos, em defesa de melhores condições de trabalho e salário. Foi assim em São Paulo, Porto Alegre, Rio de Janeiro, onde os rodoviários foram às ruas mesmo contra a vontade das direções sindicais pelegas e traidoras. Em Salvador, não tem sido diferente. Os rodoviários vem se enfrentando com a intransigência e arrogância da mafiosa patronal do SETEPS (os mesmos que financiam as campanhas eleitorais do PT e do DEM) e aliada do prefeito ACM Neto.
 
Em uma assembleia realizada no dia 22 de maio, os trabalhadores decidiram entrar em greve no dia 27 de maio. Em um comunicado à população, o sindicato expressa a disposição de luta da categoria, “a Assembleia Geral Extraordinária da categoria profissional realizada no dia 22/05/2014, decidiu pela deflagração de greve geral por tempo indeterminado no setor de transportes de passageiros a partir da 00:00 horas do dia 27 de maio de 2014 (terça-feira)”. Logo após a assembleia, os rodoviários, demonstrando o espírito de radicalização da categoria e à revelia da direção do sindicato bloquearam o trafego em duas estações da cidade.
 
As principais reivindicações dos rodoviários são: redução da jornada de trabalho de sete para seis horas diárias, 15% de aumento salarial, tíquete alimentação de R$ 20, fim da hora fracionada de descanso, fim da dupla função e direito à PLR. As reivindicações são plenamente legítimas, pois se trata de uma categoria submetida a péssimas condições de trabalho e que vivem sob a situação de stress permanente. Essa realidade tem provocado um amento impressionante nos índices de adoecimento e acidentes de trabalho na categoria. Nesse momento, é fundamental prestar todo o apoio e solidariedade aos rodoviários, a sua luta é uma luta do conjunto da classe trabalhadora por dignidade e respeito.
 
Chega de enrolação. Pelo atendimento das reivindicações já!
Fora a máfia do SETPS!
Municipalização do Transporte público de Salvador Já!
Nenhuma confiança na atual direção do sindicato (CUT/CTB).
Construir a greve pela base!
Passe livre para estudantes e desempregados!
#‎SOMOSTODOSRODOVIÁRIOS‬