Projeto de Privatização da Petrobras de José Serra (PSDB) é aprovado com apoio do Governo Dilma (PT) e do PMDB

    29

    PT e PSDB juntos na privatização da Petrobrás

    Foi votado nesta quarta-feira, 24 de fevereiro, o PLS 131 do senador José Serra (PSDB) por 40 votos a favor e 26 contrários. A versão votada foi acordada entre o Governo Dilma, o PMDB de Renan e o PSDB de Serra e Aécio. O projeto de lei significa mais um largo passo na privatização da Petrobrás. 
     
    Com a aprovação do PLS, petrolíferas estrangeiras poderão explorar o pré-sal independente da participação da Petrobras. Até então, vigorava o regime de partilha que já colocava 70% do petróleo brasileiro à disposição dos interesses do capital estrangeiro, regime este criado pelo governo petista de Lula. O PLS torna a situação ainda mais grave assim, pois  consegue piorar a entreguista lei da partilha, e retira a participação obrigatória de 30% da Petrobras como operadora única do Pré-sal. 
     
    PSDB e PT privatizam a Petrobras 
    Correm nas redes sociais muitas postagens e mensagens condenando o PLS do senador do PSDB. Denunciam o PLS de Serra como expressão da sanha privatista do senador paulista e de seu partido o PSDB. Esta crítica e esta denúncia são absolutamente corretas. É preciso que todo o povo brasileiro saiba que o senador José Serra e seu partido, o PSDB, querem entregar não só o petróleo e a Petrobras, mas todo o patrimônio do povo brasileiro, para as empresas privadas, multinacionais em especial.
     
    No entanto, para não fugir à verdade, é preciso não deixar de dizer que o PLS aprovado ontem no Senado teve o apoio do governo da presidenta Dilma. 
     
    E é preciso dizer mais. O Governo do PT está empenhado em entregar a Petrobrás e o petróleo brasileiro ao capital privado, às multinacionais, tanto quanto o PSDB. O processo de privatização está sendo aplicado hoje também pelo Governo Dilma com a política de leilões, desinvestimento e venda de ativos. O governo do PT pretende reduzir 37% dos investimentos da Petroleira nos próximos 5 anos, o que afetará toda cadeia de exploração, transporte, refino e abastecimento. Um sacateamento proposital da empresa pra justificar a entrega da empresa ao capital privado. Além disso, o governo do PT esta a frente da venda direta de parte da BR Distribuidora, de navios petroleiros e de usinas Termelétricas.
     
    Quero chamar então aqueles que estão denunciando o PLS de Serra a continuar a fazê-lo, pois isso é importante. Mas, se o que se pretende é lutar contra a privatização do petróleo e da Petrobras, então tem que denunciar também o governo do PT e a presidenta Dilma. Senão se tornam cúmplices da privatização promovida pelo governo do PT.
     
    Petrobras 100% Estatal
    O PSTU defende uma Petrobras 100% Estatal, com monopólio estatal, uma empresa integrada em toda a cadeia produtiva: exploração, produção, transporte, refino, importação/exportação, distribuição e petroquímica e sob o controle dos trabalhadores. Assim poderemos ter esta grande empresa a serviço do povo brasileiro, reduzindo, por exemplo, o preço do combustível e, por consequência, dos alimentos.
     
    Para derrotar esta política de privatização do PT e do PSDB, temos que botar todos eles pra fora! A classe trabalhadora, que produz as riquezas desse país, é que deve governar, através de suas próprias organizações, através de conselhos populares.
     
     
     
     
     
     

    Post author