O “Fora Temer” na imprensa internacional

A imprensa internacional deu enorme destaque aos atos contra Temer que tomaram o país nos dias 17 e, particularmente, 18 de maio. No geral, as matérias destacaram a força das mobilizações e a difícil situação do presidente. E vale destacar que, ao contrário do que aconteceu na imprensa nacional, a faixa levada pelo PSTU para a Avenida Paulista (“Fora Temer! Fora todos eles!”) ilustrou a maioria das reportagens.

Particularmente nos veículos especializados em economia ou localizados nas grandes potências, fica evidente o temor do mercado internacional com a instabilidade e as fortes perdas provocadas pela crise. Assim como no Brasil, há sugestões nada sutis de que a saída de Temer poderia ser uma solução menos traumática para os interesses da burguesia, inclusive para a aprovação dos planos de ajustes e das reformas, tanto da Previdência quanto a trabalhista. Vejam alguns exemplos.

Argentina – Clarín: A matéria, ilustrada com o banner “Fora Temer! Fora todos eles” traz a manchete “Segunda noite de protestos no Brasil para exigir a renúncia de Temer”, fazendo um resumo dos principais protestos no dia 18 de maio.

Argentina – Página 12: “Outra vez, Fora Temer” foi a manchete de capa da versão impressa do jornal argentino que, entre os vários artigos que tratam do tema, traz um intitulado “Fúria nas ruas”, destacando que milhares de brasileiros, em diversas cidades do país saíram às ruas nos dias 17 e, principalmente, 18 de maio. No portal, a manchete é bastante significativa: “Uma bomba de proporções inimagináveis estourou nas mãos de Michel Temer e pode implodir seu governo”.

Argentina – Perfil: Em matéria também ilustrada com a foto com o banner “Fora Temer! Fora todos eles!”, o portal argentino traz a manchete “Arde Brasil: milhares saem às ruas pedindo a renúncia de Michel Temer”, relatando como milhares de brasileiros voltaram às ruas, pedindo a renúncia do presidente e “o adiantamento das eleições gerais programadas para outubro de 2018”.

Argentina – Minuto Uno-M1: A chamada do portal que distribui conteúdo para a América Latina destaca que “Marchas e distúrbios no Brasil em mobilizações contra Temer”, ressaltando que “os manifestantes exigem a renúncia de Temer e que sejam convocadas eleições gerais” e voltaram às ruas, pelo segundo dia, após a revelação das gravações.

Argentina – TN: O portal de vídeos traz cenas ao vivo dos protestos no Rio de Janeiro e São Paulo.

Chile – El Desconcierto: O título já diz tudo: “Brasil pegando fogo: ‘O Fora Temer’ é escutado forte nas ruas depois da gravação do presidente pedindo para comprar o silêncio de deputado corrupto”. Além das mobilizações, a matéria ainda traz uma transcrição do corrupto Aécio e o dono da JBS.

Estado Espanhol – El Periódico: Com o título “Milhares de brasileiros se mobilizam nas ruas contra o governo Temer”, o jornal fala dos “rumores sobre a renúncia de Temer” diante das mobilizações e do impacto da crise no mercado financeiro, destacando a queda de 9 pontos na bolsa de valores de São Paulo e a forte desvalorização do Real diante do Dólar norte-americano.

Estados Unidos – The New York Times: Indo direto  ao assunto e refletindo as preocupações das empresas e do mercado financeiro com a situação do Brasil, o jornal norte-americano traz a manchete “O que poderia acontecer no Brasil se Temer lutar para ficar no poder” em uma matéria que, sintomaticamente, tem uma breve análise sobre a situação caso Temer continue no cargo e quatro hipóteses sobre sua saída: a renúncia, ser afastado em função do processo por  crime eleitoral (cometido juntamente com Dilma), a saída via o Judiciário e o impeachment.

França – Le Monde: No dia 17, o jornal francês já havia noticiado que “os dias do presidente de República parecem contados” e que a delação dos corruptores da JBS só piorou o fato de que Temer já é alvo de uma “megaimpopularidade”. Na cobertura do dia 18, o jornal destacou que “Temer encarna o crepúsculo da velha classe política brasileira” e cita a revista brasileira Piauí para se referir Aécio Neves como um “cadáver político”.

Paraguai – ABC Color: O noticiário tem como manchete a frase “Fora Temer”! nas ruas” e destaca que Temer se agarrou a seu cargo, apesar da enorme rejeição popular e das mobilizações que estão tomando as ruas.

Uruguai – El Pais: Sob a foto de um banner do PSTU (“Fora Temer! Fora todos eles!”, o portal uruguaio destacou: “’Fora Temer!’, esse é o grito que se escuta nas ruas das cidades brasileiras na noite de hoje. Milhares de pessoas se concentraram para pedir a renúncia do presidente interino”.