Famílias do Pinheirinho fazem visita surpresa em terreno onde serão construídas casas

20
Ex-moradores do Pinheirinho visitaram o terreno do Putim 2
(Fotos: Tanda Melo)

Num ato simbólico, famílias plantaram mudas de pinheirinho no local nesta quinta-feira

 
O terreno onde serão construídas as 1.800 casas aos ex-moradores do Pinheirinho recebeu a visita de cerca de 400 pessoas nesta quinta-feira, dia 22. As famílias foram conhecer a área, que fica no bairro Putim 2, em São José dos Campos, e simbolicamente plantaram mudas de pinheirinho no local.
 
“Viemos conhecer nossa terra, onde finalmente vamos construir nossas moradias, nossas vidas”, falou Sérgio Pires, o Serginho, integrante da ADMDS (Associação Democrática por Moradia e Direitos Sociais), que reúne os ex-moradores do Pinheirinho.
 
Por volta das 9h, os ex-moradores do Pinheirinho chegaram ao bairro e percorreram a estrada que corta o terreno de 645 mil metros quadrados na região sudeste da cidade. Numa praça localizada próximo ao terreno realizaram uma assembleia.
 
O sentimento das famílias era de satisfação e esperança. A construção das casas foi anunciada pelos governos federal, estadual e municipal após muita pressão e mobilização das famílias, que lutam por um teto desde a desocupação do Pinheirinho há um ano e meio.
 
A estimativa é que o contrato com a construtora seja assinado em 30 de novembro deste ano. A empresa terá 90 dias para começar os trabalhos, que devem durar 15 meses. As informações foram passadas oficialmente à ADMDS, em reunião no último dia 5 de agosto.
 
“Fomos muitos bem recebidos pelas pessoas que já moram na região há muitos anos. O presidente da Sociedade Amigos de Bairro (SAB) do Emha 2, bairro vizinho, veio nos receber”, comemorou Serginho.
 
“Estamos vigilantes. Vamos acompanhar tudo até que as casas saiam do papel e finalmente sejam entregues a cada família. Queremos que todas as famílias participem deste processo. Vamos cobrar dos governos a nossa participação na elaboração, execução e fiscalização das obras”, afirma Serginho.
 
Audiência pública
Nesta sexta-feira, dia 23, a Prefeitura promove audiência pública para discutir a transformação de duas áreas industriais na região do Putim em Zonas Especiais de Interesse Social (Zeis), para viabilizar a construção das 1.800 casas para os ex-moradores do Pinheirinho. A audiência será no Teatro Municipal (Rua Rubião Júnior 84, 3º piso, Shopping Centro), a partir das 19h.