Edmílson Coyote vive!

Odair Felipe, de São Paulo (SP)

É com pesar que recebemos a notícia do falecimento de Edmilson Quirino dos Reis, o Coyote. Artista plástico e professor de artes plásticas, foi um reconhecido guerreiro da causa negra. Militante, amigo, artista único e reservado, assim é descrito por todos que o conheceram e conheceram seu grafite, pinturas, livros e escultoras. Passou toda sua vida na Vila Campestre onde expôs parte de sua arte nos muros e, principalmente, espalhou suas convicções negras e antirracistas, servindo de referência para vários moleques, elevando a autoestima, o auto reconhecimento e orgulho de ser negro. Militou e contribuiu com várias organizações do movimento negro, dentre elas o MNU (Movimento Negro Unificado).

Sua obra mais conhecida foi a capa do disco dos Racionais Mc’s de 1993 (Raio x Brasil) , mas também esculpiu em bronze a arte da capa da demo tape da banda de Death Metal Oligarquia (Realy to be dead – 1998), cujo irmão, Panda Reis, é baterista.

Para nós, militantes do PSTU e da secretaria de Negros e Negras do PSTU, embora tenhamos algumas divergências programáticas com alguns movimentos que o Coyote participou, não temos dúvida de suas convicções revolucionárias e da importância deste artista e revolucionário para a causa negra e dos oprimidos, por isso o saudamos!

Edmílson Coyote vive!

Camarada Coyote, presente!