Ativistas fazem beijaço na Paulista contra a homofobia

324

Ato foi em protesto às declarações homofóbicas do candidato Levy Fidelix

Na última terça-feira, 30, ocorreu na Avenida Paulista um ato com centenas de LGBT´s. A manifestação foi organizada para responder, nas ruas, às provocações homofóbicas feitas pelo candidato à presidência de república Levy Fidelix (PRTB). Entre outras excrescências, disse o candidato, em cadeia nacional, que LGBT´s precisam de “tratamento psicológico” e que devem ser mantidos longe do restante da população, além de associar este grupo à pedofilia.

Fidelix disse ainda que achava feio andar pela Av. Paulista, devido à grande quantidade de LGBT´s naquele local. A resposta de alguns setores organizados do movimento LGBT não tardou: por meio das redes sociais, foi convocado o ato, que se iniciou no MASP e andou até a Praça do Ciclista.

Entre palavras de ordem e bandeiras do arco-íris, os manifestantes mostraram que a resposta aos ataques homofóbicos deve ser dada não só nas urnas, mas também nas ruas. O PSTU ajudou a convocar e organizar o ato, e esteve presente com seus militantes, entre eles a candidata à deputada estadual Arieli Tavares, representando a juventude, e eu representando os LGBT’s do partido. Também falou, em nome do PSTU, a ativista Babi Borges, frisando a importância da presença das mulheres lésbicas nas mobilizações.

Encerrado o ato, os manifestantes já se preparam para as próximas mobilizações, que ocorrerão ainda esta semana, para repudiar toda e qualquer manifestação de caráter transfóbico, homofóbico e lesbofóbico nestas eleições.

Thiago é candidato a Deputado Estadual pelo PSTU com o número 16122, menção ao PL que criminaliza a homofobia