As cidades para os trabalhadores

138

PSTU lança pré-candidatos em capitais do país

LEIA TAMBÉM

-São Paulo: PSTU lança pré-candidato à prefeitura
-São José dos Campos: Toninho Ferreira é pré-candidato a prefeito
-Belém: PSTU lança Cleber Rabelo pré-candidato à prefeitura
– São Luís (MA): PSTU lança Cláudia Durans pré-candidata a prefeita
-Porto Alegre: Júlio Flores pré-candidato à prefeitura

-Fortaleza: PSTU lança pré-candidatura de Gonzaga
Belo Horizonte: Vanessa Portugal é pré-candidata à prefeitura

O PSTU está definindo suas pré-candidaturas nas principais cidades do país. São lutadores, homens e mulheres com longa trajetória a serviço da organização da luta dos trabalhadores.

Normalmente, as eleições municipais são marcadas por questões específicas dos bairros e por campanhas clientelistas. No entanto, as eleições deste ano se dão em uma situação diferente e muito especial.

O país vive a maior crise econômica de sua história. São os trabalhadores e os setores populares os que estão pagando por ela com enormes sacrifícios. São mais de 11 milhões de desempregados. O preço dos alimentos sobe todos os dias. A renda média da população caiu 9% nos últimos três anos. A dos pobres, muito mais.

O governo e os patrões planejam impor sacrifícios ainda piores: aumentar a idade mínima de aposentadoria para 65 anos; retirar direitos trabalhistas e cortar gastos sociais em Saúde e Educação. Enquanto eles enchem os bolsos com a corrupção e os roubos milionários de dinheiro público.

Por outro lado, durante muitos anos, os trabalhadores e o povo pobre viram os governos do PT como uma alternativa para melhorar suas condições de vida. Foram traídos. O PT se aliou com partidos burgueses de direita como o PMDB, o PSD e o PP, se atolou até o pescoço no mar de lama da corrupção e terminou adotando medidas contra os trabalhadores e o povo, que hoje o governo Temer trata de continuar.

Por que o PSTU participa de eleições
Nosso partido é o primeiro a denunciar que as eleições são manipuladas pelo poder econômico. Que os candidatos, inclusive a esquerda oportunista, são financiados pelos empresários e depois devolvem este dinheiro em benefícios.  Se isso é assim, por que o PSTU participa?

Participamos para oferecer uma alternativa independente dos patrões e dos governos, uma alternativa de luta pelos direitos dos trabalhadores e do povo pobre. Nossos pré-candidatos tem uma trajetória de anos de compromisso e de honestidade com os trabalhadores. Não aceitamos dinheiro de empresas nem de empresários.

Queremos apresentar um programa com propostas em defesa dos direitos dos trabalhadores, emprego, salários dignos, moradia, transporte, saúde e educação. Que os ricos paguem pela crise. Um programa que levante a luta contra este governo e todos os políticos exploradores e corruptos. Fora Temer e Fora todos eles!

Mas, principalmente, queremos apresentar uma opção a todos os trabalhadores. Um partido de esquerda que não se vendeu nem se corrompeu. Um partido socialista que luta para que os trabalhadores governem este país apoiados em conselhos populares. Nossos pré-candidatos são os porta-vozes desse partido e dessas propostas, mas o que queremos é que você que nos lê se una a nós para construirmos juntos o PSTU.

LEIA TAMBÉM

-São Paulo: PSTU lança pré-candidato à prefeitura
-São José dos Campos: Toninho Ferreira é pré-candidato a prefeito
-Belém: PSTU lança Cleber Rabelo pré-candidato à prefeitura
– São Luís (MA): PSTU lança Cláudia Durans pré-candidata a prefeita
-Porto Alegre: Júlio Flores pré-candidato à prefeitura
-Fortaleza: PSTU lança pré-candidatura de Gonzaga
Belo Horizonte: Vanessa Portugal é pré-candidata à prefeitura