Aracaju: Moradores dos bairros Santa Maria e 17 de Março realizam assembleia popular

67
Moradores convocaram assembleia de porta em porta
Foto: Roberto Aguiar

Reunião debaterá continuidade da campanha por melhorias na infraestrutura dos bairros

Os moradores dos bairros Santa Maria e 17 de Março realizam assembleia popular na próxima quarta-feira, dia 22 de maio, às 18h, na Escola Municipal Professor Diomedes. “O objetivo da assembleia é dar continuidade à campanha por melhorias na infraestrutura dos bairros. Realizamos um abaixo-assinado, vamos definir a data de entrega ao prefeito de Aracaju e ao governador do estado. Agora com as chuvas a situação está pior. Sofremos com lama, ruas alagadas, falta de água nas casas, sem contar com o péssimo serviço de transporte público”, disse Erílio Bispo, morador do bairro 17 de Março.

 
“Estamos indo de casa em casa, colhendo assinaturas e convocando para a assembleia. Não podemos ficar de braços cruzados esperando que uma solução venha da boa vontade dos governantes. Somente organizados e mobilizados podemos exigir das autoridades, em especial da prefeitura e do governo estadual, soluções para os problemas dos bairros”, afirmou a moradora Marina Lima.
 
 
PSTU na campanha
A militância do PSTU que reside nos bairros Santa Maria e 17 de Março está participando ativamente da campanha. “Desde o inicio, o partido vem impulsionando a campanha por melhorias na infraestrutura dos bairros. A nossa militância tem ido à feira, indo às casas dos moradores colher assinaturas no abaixo assinado, fomos às escolas e postos de saúde. Agora estamos mobilizando para a assembleia”, disse Cilene dos Santos, militante do PSTU e moradora do bairro 17 de Março.
 
“O partido começou o trabalho nos dois bairros na luta por moradia. Conseguimos uma importante vitória, no ano passado a prefeitura entregou as casas e apartamentos. Hoje a luta é por melhorias na infraestrutura. Os moradores sofrem com a falta de transporte público, as ruas sem asfalto e esgoto, muitas casas ainda não tem água potável. Com a chuva, as ruas estão cheias de lama, intrafegáveis. Cabe ao partido e à nossa militância encabeçar essa luta”, falou Vera Lúcia, presidente estadual do PSTU-SE.
 
O apoio da CSP Conlutas
A campanha organizada pelos moradores tem todo o apoio da CSP-Conlutas. “A Central tem sido a grande apoiadora dos moradores. Estamos garantindo o carro de som, confeccionamos cartazes da campanha, estamos ajudando na coleta do abaixo assinado. Semana que vem teremos inserções pagas em três rádios convocando os moradores para a assembleia popular. Não foi a toa que realizamos o ato do dia 1º de maio nos dois bairros. A CSP-Conlutas vem cumprindo seu papel na construção de uma alternativa de lutas também no movimento popular”, ressaltou Deyvis Barros, diretor do Sindipetro AL/SE e da Coordenação Estadual da CSP-Conlutas/SE.