’15-O’ em Fortaleza é marcado por manifestação no centro da cidade

12
15O reuniu diversas entidades em Fortaleza

Inspirados nos protestos realizados pela juventude espanhola que ocupou a Praça Puerta del Sol, no dia 15 de maio, mais conhecido como 15M, a juventude de todo o mundo resolveu, no último dia 15 de outubro, sair às ruas e ocupar as praças de suas cidades.

O movimento chamado ’15O’ se espalhou pelas redes sociais e levou trabalhadores, estudantes e os movimentos sociais para a Praça do Ferreira, localizada no centro da cidade de Fortaleza. Entre eles, estiveram presente a Assembléia Nacional dos Estudantes – Livre (ANEL), a CSP-Conlutas(Pela Base na Educação), o PSTU, o Sindicato dos Rodviários (SINTRO), o DCE da UECE, o D.A de Comunicação Social da UNIFOR, a oposição de esquerda da UNE, o Coletivo Braços Dados, o Movimento Nacional de Oposição bancária (MNOB), a minoria SINDIUT, a Crítica Radical, os estudantes espanhois e franceses da UFC, os colégios Juvenal de Carvalho, 7 de setembro e o colégio Militar.

O ato do 15O reuniu ceca de 50 pessoas e teve como principal objetivo agregar os movimentos sociais e demais setores da sociedade, para que juntos pudéssemos reivindicar através da campanha e por meio de abaixo assinado, no qual conseguimos recolher 300 assinaturas naquela manhã, os 10% do PIB para a Educação Pública Já!

E mais importante ainda, queremos deixar claro, não só no 15 O, mas para que todos os dias o Governo, os patrões e os empesários, saibam que os trabalhadores e a juventude não pagarão pela crise do capitalismo.